Português (Brasil)English (United Kingdom)

Cesar Cielo leva o ouro nos 50 metros da natação nas olimpíadas de Pequim

  • PDF
  • Print
  • E-mail
There are no translations available.

cesar-cielo-ouro-natacaoCésar Cielo chegou sem muitos holofotes em Pequim. A maior parte da imprensa focou a atenção no carioca Thiago Pereira, que havia conquistado seis medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos.

Thiago deixou Pequim com um quarto lugar nos 200 metros medley como melhor resultado. Cielo acumulou duas medalhas. Além do ouro nos 50 metros, a prova mais rápida da natação, o brasileiro levou o bronze nos 100 metros livre, a competição mais charmosa. Quando ficou em terceiro, Cielo foi superado pelo francês Alain Bernard e pelo australiano Eamon Sullivan. Nos 50 metros, o paulista deu o troco e venceu os dois com sobra – até então, Sullivan é dono do recorde mundial, com 21s28.

Cielo teve uma evolução fantástica em Pequim. Durante as semifinais dos 100 metros, o brasileiro chegou a pensar que havia ficado de fora da final, pois não tinha marcado um bom tempo (48s16). No entanto, o nadador entrou na oitava e última vaga e foi para decisão, onde levou o bronze com 47s67.

Depois de conquistar a primeira medalha, o nadador de 21 anos se encheu de entusiasmo e disse que “ganharia o ouro nos 50 metros”. Muitos riram dele, mas foi com esta confiança que Cielo bateu o recorde olímpico por duas vezes durante as eliminatórias. Na decisão, o “desconhecido” Cielo já chamava a atenção da imprensa mundial e dos adversários, que nada puderam fazer para impedi-lo de triunfar.

César Cielo mora nos Estados Unidos, na Universidade de Aurbun. Thiago Pereira e Kaio Márcio (nado borboleta), que eram as grandes esperanças do Brasil em Pequim, moram e treinam no País. Não é por acaso que os norte-americanos dominam a natação mundial e produzem “atletas perfeitos” como Michael Phelps. O técnico de Cielo nos EUA, o australiano Brett Hawke, já havia alertado que o brasileiro seria o homem mais rápido do mundo.

As provas no Cubo D’Água em Pequim terão continuidade neste domingo (noite de sábado no Brasil).  A natação brasileira encerrou a sua participação com Cielo. O único destaque, agora, será Michael Phelps, que tentará ganhar o oitavo ouro no revezamento 4 x 100 metros medley para superar o recorde do também norte-americano Mark Spitz, que levou sete medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Munique, em 1972.

Resultado final dos 50m livre

1.º Cesar Cielo Filho (BRA) – 21s30 (Recorde olímpico)
2.º Amaury Leveaux (FRA) – 21s45
3.º Alain Bernard (FRA) – 21s49
4.º Ashley Callus (AUS) – 21s62
5.º Ben Widman-Tobriner (EUA) – 21s64
6.º Eamon Sullivan (AUS) – 21s65
7.º Roland Schoeman (AFS) – 21s67
8.º Stefan Nystrand (SUE) – 21s72

Read more: Cesar Cielo leva o ouro nos 50 metros da natação nas olimpíadas de Pequim